As cinco mais difíceis bancas organizadoras de concursos públicos

Bancas-01

Todo concurseiro sabe que conhecer a prova é essencial para a aprovação em qualquer concurso. Com esse objetivo em mente, conhecer as principais bancas organizadoras de concurso públicos no Brasil é uma parte importante na preparação de todo candidato.

Para ajudar você, nós organizamos uma lista das bancas consideradas as mais difíceis e, de quebra, ainda separamos algumas dicas. Confira: 

1- ESAF

  • Nível de Dificuldade: Alto
  • Concursos: Receita Federal, provas ligadas ao Ministério da Fazenda
  • Estrutura da prova: Questões de múltipla escolha

A ESAF, que tem seu grau de dificuldade elevado devido às questões complexas e bem elaboradas, tem a tendência de não cobrar todos os itens do edital. Por isso, é sugerido que o concurseiro estude muito as provas anteriores para observar pontos em comum.

2- CESPE

  • Nível de Dificuldade: Alto
  • Concursos: TCE/SC (último concurso), TJ/PR 2017 (Juiz), Banco do Brasil, Banco Central, etc;
  • Estrutura da prova: Certo ou Errado

A CESPE é a banca mais temida pelos concurseiros, tanto pela complexidade das questões – que contam com a interdisciplinaridade – quanto pelo estilo da prova.

O grande diferencial das provas dessa banca é o sistema de pontuação. A prova funciona da seguinte forma: o enunciado faz uma afirmação (ou negação) no texto e cabe ao candidato saber se a informação está certa ou errada. A cada questão respondida de forma incorreta, uma questão correta é retirada. Por isso, cuide muito com os “chutes”. Questões deixadas em branco ou com duas respostas não são punidas.

Devido ao estilo diferente de prova, é essencial que o concurseiro estude por meio das provas antigas realizadas pela banca, para criar familiaridade com a estrutura das questões.

3- FGV

  • Nível de Dificuldade: Médio a Alto
  • Concursos: TJ/SC 2015, OAB, TJ/RJ, Polícia Civil RJ, Câmaras Municipais, etc;
  • Estrutura da Prova: Questões de múltipla escolha

Famosa por já ter cobrado até nota de rodapé, a Fundação Getúlio Vargas organiza provas muito imprevisíveis, fator responsável por elevar seu grau de dificuldade. Para ser aprovado nessa prova é preciso prestar muita atenção ao edital e às bibliografias exigidas, que também costumam ser cobradas.

As questões geralmente são complexas e possuem enunciados longos. Na parte do Direito, a FGV costuma cobrar casos práticos e multidisciplinaridade.

4- FCC

  • Nível de Dificuldade: Médio a Alto
  • Concursos: TJ/SC 2017 (Juiz), DPE/PR 2017, TRT/PR 2015, concursos nas esferas municipais, estaduais e federal, etc;
  • Estrutura da Prova: Questões de múltipla escolha

A Fundação Carlos Chagas tem como tradição questões que, mesmo sendo extensas, são bastante objetivas. A atenção precisa estar no enunciado – muitas vezes, é pedido para assinalar a alternativa incorreta, o que prejudica os candidatos desatentos.

As questões são bem distribuídas ao longo da prova, podendo abranger todos os tópicos do edital.

5- CESGRANRIO

  • Nível de Dificuldade: Médio a Alto
  • Concursos: Petrobrás, bancos, IBGE, entre outros;
  • Estrutura da Prova: Questões de múltipla escolha

A CESGRANRIO tem como sua característica mais marcante a separação de matérias. Eles também tendem a cobrar bastante interpretação de texto e é preciso atenção à prova de inglês, que tem tradição por ser difícil.

Algo importante que o concurseiro deve saber a respeito da CESGRANRIO é que ela costuma repetir questões antigas. Por isso, estude muito as provas já organizadas por essa banca.

Prepare-se com antecedência e conquiste a vaga dos seus sonhos.

Rico Domingues Concursos
Curso preparatório para concursos públicos.

www.ricodomingues.com.br

Anúncios
Esse post foi publicado em Institucional e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para As cinco mais difíceis bancas organizadoras de concursos públicos

  1. Pingback: 10 dicas para estudar em casa para concurso público | Rico Domingues Concursos – Blog www.ricodomingues.com.br/blog

  2. Bruno leonardo nery de freitas disse:

    a banca upenet / iaupe é como o grau de dificuldade ? bom dia.

    • ricodomingues disse:

      Olá, Bruno. Tudo bom?
      Como somos focados nos concursos aqui do Sul do Brasil, não temos muita informação sobre essa banca.
      Sugerimos que você acesse sites de bancos de questões, como o Q Concursos, para verificar as questões da banca e assim conhecê-la melhor!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s